Quatro Elementos

Os quatro elementos: elemento Ar – Outono

22 de novembro de 2017

O elemento Ar, fisicamente falando, é o ar, o céu, são os ventos. Também essencial para a vida, na Terra todos comungamos de uma única biosfera, fundamental para o desenvolvimento de todos os seres vivos. O Ar é como se fosse uma espécie de liga que une toda a criação. Podemos dizer que estamos todos envoltos pelo ar. Uma das suas funções é arejar, mudar, deixar tudo mais leve. Mesmo de forma sutil fisicamente, se apresenta de várias formas: mais denso, menos denso, seco, úmido, frio, quente, etc.

No paralelo com o corpo físico, o elemento Ar está ligado à nossa respiração. Através da respiração dependemos do oxigênio para nossa sobrevivência, dependemos dele do primeiro momento até o último momento de vida. Porque até podemos ficar um tempo sem comer, sem beber, mas não podemos ficar sem respirar, nem que seja por pouco tempo, sem graves lesões para nosso cérebro, e a partir daí com sérias consequências para o funcionamento do nosso corpo.

Nas estações, o elemento Ar tem seu paralelo no Outono, tempo de colheita. É quando o céu tem uma luminosidade especial e as sombras se modificam, anunciando uma mudança na atmosfera.

Na natureza o elemento Ar está associado com o reino animal. Alguns destes, na sua evolução, desenvolveram órgãos já parecidos com os humanos, como podemos observar no pulmão de um animal grande. Em certos animais, também comparados aos homens, podemos identificar sentimentos.

As pessoas com grande presença do elemento Ar são orientadas pelo Pensar. São pessoas muito ligadas com o mundo das ideias, com a intuição. Têm ótimas ideias, mas pode lhes faltar a habilidade de realização, porque já estão tendo a próxima grande ideia.

Muitas vezes estas pessoas são “aéreas”, não muito ligadas com a realidade, e, por isso, podem sentir uma puxada de tapete.

Você também pode gostar de