O Campo de Energia Humano

Segunda Dimensão – Sete Níveis do Campo Áurico

7 de fevereiro de 2018

O CAMPO DE ENERGIA HUMANO é formado por sete diferentes níveis, onde um penetra o outro, inclusive o corpo físico, e se estende além deste. Portanto, este campo de energia se encontra dentro e fora de nós ao mesmo tempo, e é denominado AURA.

Nossa Aura é o resultado destas sete camadas do Campo de Energia, se interpenetrando como uma dança em constante movimento. Pode ser observada com um certo treinamento e até fotografada. Com o método de Kirlian, podem ser diagnosticadas doenças mesmo antes de acontecerem fisicamente.

Cada nível do campo áurico apresenta uma frequência mais elevada em relação ao nível anterior. Os níveis um, três, cinco e sete são estruturados, enquanto os níveis dois, quatro e seis são fluidos. O nível não estruturado é denominado Bioplasma e se apresenta em várias cores, densidades e intensidades diferentes, fluindo ao longo dos níveis estruturados que lhe concedem a forma. O Bioplasma está relacionado com nossas emoções, o que fisicamente afeta nossa fisiologia.

Assim, o CAMPO DE ENERGIA HUMANO é a combinação de uma rede estacionária de luz, onde o Bioplasma flui, dando forma ao corpo físico e fornecendo-lhe energia vital. Desta forma, funciona como um sistema de comunicação e de integração que mantém o corpo funcionando como um organismo individual. Todos os níveis do CAMPO DE ENERGIA HUMANO atuam holograficamente, influenciando uns aos outros.

Quanto mais fortes e desenvolvidos forem nossos campos de energia, mais saudáveis seremos fisicamente e mais satisfatórias serão as diferentes áreas da nossa vida. Os sete níveis do campo áurico correspondem a sete níveis de diferentes tipos de experiências da vida, e assim cada nível reage aos estímulos internos e externos de acordo com a sua constituição.

 

PRIMEIRO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

Este nível está ligado às nossas sensações físicas básicas, como calor, frio, dor, prazer, etc. Existe uma ligação direta entre o fluxo de energia, a pulsação do campo e a dor física, que pode ser lida como uma disfunção do primeiro nível do campo áurico.

Quando o primeiro nível é forte, teremos um corpo físico em boas condições, o que inclui o prazer de sentir corpo, sensações de vitalidade, prazer nas atividades físicas, de contato físico, de sexo, de um sono saudável e reparador.

Com o primeiro nível enfraquecido, podemos mantê-lo fora de uso, detestando atividades físicas por exemplo, sentindo o corpo muito mais como uma coisa que precisamos tolerar.

 

SEGUNDO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

O segundo nível está ligado aos nossos sentimentos e às nossas emoções. Todo movimento desta energia está voltado para o sentimento que temos em relação a nós mesmos. Este nível é fluido, contém as sete cores do arco-íris. Cores vivas representam sentimentos positivos em relação a nós mesmos, enquanto cores sombrias estão associadas a sentimentos negativos. A energia aqui se assemelha às nuvens que fluem ao longo das linhas estruturadas do primeiro nível.

Assim, precisamos permitir que os nossos sentimentos fluam, isto é, aceitando-os para que possam ser liberados e transformados. Caso contrário, o segundo nível fica enfraquecido, suas cores tornam-se escuras, como resultado dos sentimentos que não nos permitimos expressar a nosso respeito.

Um segundo nível forte demonstra que gostamos do nosso relacionamento emocional para conosco, que nos amamos e gostamos de nós do jeito que somos. Gostamos de estar na nossa própria companhia.

Se, ao contrário, este nível estiver fraco e descarregado, não temos sentimentos a nosso respeito ou não estamos conscientes deles. Se ele estiver escuro e estagnado, não estamos gostando de nós, reprimindo os sentimentos negativos a nosso respeito, podendo assim estar deprimidos por não gostarmos de nós mesmos.

 

TERCEIRO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

O terceiro nível está associado ao nosso campo mental, à mente racional. Este é um campo estruturado com linhas finas, que pulsam numa vibração muito elevada. Quando este nível está em equilíbrio e saudável, nossa mente racional e nossa mente intuitiva funcionam em harmonia. Desta forma, temos pensamentos claros e sentimos um equilíbrio interno, o que nos confere um sentimento de adequação. Quando os três primeiros níveis do nosso campo estão sincronizados, aceitamos a nós mesmos, sentimo-nos seguros, adequados e temos uma sensação de poder pessoal de pertencimento.

Com nosso terceiro nível forte e estruturado, teremos uma mente clara que estará a nosso dispor. Estaremos também interessados em aprender e estudar.

Se, ao contrário, este nível estiver fraco e descarregado, não teremos muita lucidez, e não estaremos interessados em atividades intelectuais. Nossos pensamentos negativos criam “formas de pensamentos negativos”, formas estas que surgem dos nossos pensamentos habituais. Estes são difíceis de mudar porque, para a pessoa dona destes pensamentos, parecem lógicos.

As formas de pensamento também são pressionadas pelas emoções estagnadas do segundo e do quarto nível, logo abaixo e logo acima do terceiro nível, criando uma espécie de nó energético. Lembrando sempre que a energia precisa fluir livremente, e uma vez que isso não aconteça, a atividade mental é perturbada e alterada.

 

QUARTO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

No quarto nível do Campo de Energia Humano está contido todo o universo de nossos relacionamentos. Aqui acontece a interação com os outros e com o mundo que nos cerca, sejam animais, plantas, minerais, os outros seres humanos, inclusive o Sol, a Lua e as estrelas.

Aqui encontramos os sentimentos que temos em relação aos outros da nossa vida, onde o “EU agora inclui o TU”. É um nível fluido e colorido como no segundo nível, agora com as cores matizadas de rosa.

Se este nível estiver com pouca energia, temos uma experiência de peso e exaustão nesta área, causando desconforto e a longo prazo podemos adoecer na área do peito.

O quarto nível contém todo amor e alegria de um relacionamento, como também toda dor, mágoa, tristeza e o ressentimento que experimentamos numa relação. Quanto mais próximos estamos de alguém, interagindo com esta pessoa, mais conexões energéticas estabelecemos com ela.

Com o nosso quarto nível forte e saudável, teremos relacionamentos seguros e sadios com os outros. Os amigos e a família serão importantes, sendo que o amor e as coisas do coração estão em primeiro lugar na nossa vida.

Se, ao contrário, o quarto nível for fraco, com pouca energia circulando, os relacionamentos com os outros não terão muita importância para nós. É possível que sejamos pessoas solitárias, evitando relacionamentos íntimos e sentindo que estes nos trazem mais problemas que benefícios.

Os três primeiros níveis da aura representam nossas experiências físicas, emocionais e mentais no corpo físico. O quarto nível dos relacionamentos representa a ponte entre o mundo físico e o mundo espiritual. Os três níveis superiores servem de modelo para os três níveis inferiores, de forma que o sétimo tem ligação com o terceiro, o sexto tem ligação com o segundo e o quinto tem sua ligação com o primeiro.

 

QUINTO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

Os três níveis superiores estão relacionados com a espiritualidade. O quinto nível é o nível da Vontade Divina e está em correspondência com o primeiro nível, físico. Por isso, funciona como o negativo de uma fotografia, ou seja, podemos também dizer que funciona como um molde. Para se criar uma forma, esta precisa primeiro de um molde para modelar a massa.

O quinto nível contém o molde do nosso corpo físico com todos seus órgãos representados. Tudo no mundo físico precisa primeiro de um plano, ou uma planta na esfera metafísica, para depois poder estar no plano da manifestação. Então este é o nível da Vontade Divina, o Propósito Divino, que vai se manifestar no padrão e na forma.

Quando estamos em harmonia com a Vontade Divina, nosso quinto nível está cheio de energia. Isto nem sempre acontece por conta do nosso livre arbítrio, onde muitas vezes escolhemos criar à revelia, não nos importando com a Vontade Divina, que é um molde ou um padrão do plano evolutivo da humanidade, inclusive contém nosso plano particular de desenvolvimento nessa encarnação.

Este molde é vivo e pulsante e está constantemente se adaptando e se transformando. Quando estamos em harmonia aqui, sentimo-nos bem com as pessoas à nossa volta, sentimo-nos no nosso lugar, seguros do nosso propósito, em sincronia, numa cocriação com o Propósito Maior.

O nosso quinto nível fraco se traduzirá numa vida que pode ser desorganizada, que careça de um propósito, sem nenhuma relação com a Vontade Divina. Estabelecer ordem na nossa vida poderá parecer algo impossível ou talvez nem estaremos interessados nisso. Podemos também ter dificuldades em entender o padrão global das coisas, como também em compreender sistemas mais complexos.

Contudo, à medida que conseguimos nos livrar de sentimentos negativos, vencendo nossas resistências, podemos nos ver como participante, um cocriador de um mundo melhor, dando um importante passo para encontrar o nosso lugar o nosso objetivo. Começamos a nos sentir seguros, fazendo a nossa parte dentro do Grande Plano Divino.

Praticar a contemplação e a meditação sobre o Grande Plano Divino nos ajuda a harmonizar nossa vida com o nosso objetivo, bem como a cumprir e facilitar o seu desenvolvimento. Significa aceitar quem realmente somos e nos reconhecer como uma fonte de criatividade única, diferente de qualquer outra no Universo.

 

SEXTO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

Este é um nível não estruturado, que pulsa numa frequência muito elevada. Emana raios nas cores do arco-íris com matizes de madrepérola.

Quando este nível está saudável, apresenta-se brilhante e carregado, com seus feixes de luz que brotam do corpo. É chamado de terceiro olho, o nível em que temos uma experiência do Amor Divino. É o nível que acessamos na meditação, na contemplação, vivenciando o Amor Incondicional. Sentimos então uma tranquilidade, uma sensação de paz no corpo, o que promove nossa cura.

Podemos alcançar este nível por meio da meditação, da religiosidade, ouvindo uma bela música, apreciando uma obra de arte ou no meio de um devaneio. É o lugar onde nos sentimos unos com o Universo, com todos os seres experimentando o Amor Incondicional.

Se este nível se encontra enfraquecido, não teremos muitas experiências espirituais. Também sentiremos falta de inspiração para os nossos projetos, não teremos a sensação de que Deus existe, não nos conectando com nada que tenha um fundo religioso.

 

SÉTIMO NÍVEL DO CAMPO DE ENERGIA HUMANO

Este nível é altamente estruturado e pulsa numa frequência muito elevada, podendo-se comparar a uma rede de luz que mesmo delicada, é forte, potente e muito resistente. É o sétimo nível que mantém todo o campo de energia coeso, controlando o fluxo energético que brota da aura e é irradiado para o espaço. Ao mesmo tempo, controla as energias entrantes e serve para manter coeso todo o Campo de Energia Humano.

Este é o nível da Mente Divina. Quando está saudável, conhecemos a Mente Divina em nós e conseguimos penetrar no campo da Mente Divina Universal. Assim, compreendemos que fazemos parte deste padrão universal, o que nos deixa seguros, inclusive para aceitar nossas próprias imperfeições e saber que neste momento do tempo estão absolutamente perfeitas. Também teremos capacidade de fazer síntese e de ter acesso à compreensão de conceitos inteiros, como uma espécie de conhecimento direto.

Se, ao contrário, o sétimo nível não estiver desenvolvido, não teremos ideias criativas, nem compreenderemos os aspectos mais amplos da vida. Poderemos até sentir que o mundo é uma grande confusão em que nada faz sentido, que o Universo é caótico e aleatório. Como não temos acesso à compreensão da Mente Divina, não entenderemos o conceito da perfeição dentro da nossa imperfeição. Estaremos então lutando para obter a perfeição, o que é impossível de alcançar na condição humana, porque nossa mente funcionará isoladamente.

Para fortalecer o sétimo nível, é importante buscar sempre a verdade superior da nossa vida e viver de acordo com ela. Uma excelente prática é sentar diariamente com calma e repetir o mantra: “Fique calmo e saiba que Eu Sou Deus”.

Para a manifestação das nossas ideias no plano físico é necessário o bom funcionamento de todos os níveis que acabamos de descrever. Uma boa saúde e uma vida plena, exige nossa atenção, concentração em todos os níveis, purificando, equilibrando e fortalecendo o campo energético como um todo, em todas áreas da experiência humana.

Você também pode gostar de