Artigos

O Poder do Momento Presente

6 de março de 2018

Estar no momento presente é poderoso e relaxante ao mesmo tempo. Por isso, o Presente é um presente que podemos nos oferecer a todo momento. É altamente gratificante, gratuito, curativo e libertador, diminuindo o stress no dia a dia.

Basta observar e prestar atenção. Cada vez que nós nos percebemos ansiosos, não estamos no momento presente, mas sim no futuro, o que gera ansiedade e uma exacerbada atividade mental, do ter que dar conta. Quando estamos melancólicos ou até depressivos, estamos no passado, do tal “como era bom naquele tempo”, ou “eu errei, poderia ter feito diferente”, culpa, etc.

O passado passou, o futuro ainda não chegou e o presente é o momento onde reside o poder de intervir, de fazer acontecer ou de fazer diferente.

Quando estamos no momento presente, estamos vivos, participando, observando o que está acontecendo à nossa volta. Isso nos proporciona uma experiência viva da VIDA e uma experiência diferente na relação com o tempo. Este se expande, não encurta como experimentamos quando estamos ansiosos, preocupados com o futuro, ou se arrasta quando estamos nostálgicos presos ao passado que já foi.

Perceber em que estado nos encontramos, se no presente, passado ou futuro, aprendemos quando estamos prestando atenção na nossa respiração. Toda vez que estamos no futuro, nossa respiração fica acelerada, curta, parecida com a de um cachorro que corre. Quando estamos no passado, quase que não respiramos, nos falta oxigênio. E quando estamos no momento presente, nossa respiração é profunda, ritmada, inspirando e expirando confiança na vida. Sempre lembrando que respirar é a primeira coisa que fazemos ao nascer e que nossa última respiração define nossa estada aqui na Terra. O ato de respirar está diretamente ligado com a vida, com o estar vivo, o principal fator de sobrevivência, mais importante que comer e até beber.

Portanto, para um exercício simples, cada vez que eu me percebo fora do momento presente, o melhor é não julgar e, amorosamente, voltar para o momento presente com uma profunda inspiração e uma longa expiração. Fazendo-se isto três vezes, a respiração volta ao seu ritmo. Quando estamos no nosso ritmo, estamos no momento presente, no nosso estado de poder.

Sugestão de exercício:
No trânsito ou aguardando sua vez numa fila que não anda, quando estamos impacientes, irritados com os outros, experimente. Primeiro, preste atenção na respiração (diagnóstico). Em seguida, inspire e expire profundamente e sinta sua respiração voltando ao seu ritmo. Olhe em volta, observe e veja se algo mudou, por exemplo, o sinal abriu, a fila começou a andar, chegou a sua vez de ser atendido. Com certeza, com esta atitude, você ajudará os outros à sua volta, mas, principalmente, você estará mais feliz e disposto no final do dia, com tempo extra para fazer suas atividades favoritas, com a sensação de que deu tempo para tudo.

Marina Stein

 

Você também pode gostar de