O Blog

“O REAL ATO DA DESCOBERTA CONSISTE, NÃO EM ACHAR NOVOS TERRITÓRIOS MAS SIM EM ENXERGAR COM NOVOS OLHOS”

Marcel Proust

PORQUE O AUTOCONHECIMENTO?

Já na Antiguidade encontramos lembretes nesse sentido, como a inscrição na entrada do templo de Delfos: “HOMEM CONHECE-TE A TI MESMO”, ou na célebre frase da Esfinge na peça Édipo Rei, de Sófocles: “DECIFRA-ME OU DEVORO-TE”. A figura da Esfinge, tanto no Egito quanto na Grécia, costumava ser representada por um corpo de um animal com uma cabeça humana. A cabeça humana seria uma representação da capacidade do Pensar do Homem, enquanto a parte emocional, representada na esfinge com o corpo do animal ainda preso aos seus instintos, precisa evoluir bastante.

Então, mesmo sendo algo tão importante, um enigma que sempre fascinou o homem em todos os tempos, precisamos ser constantemente relembrados deste fato.

Este blog propõe-se a ser um lembrete simples de buscarmos conhecer quem VERDADEIRAMENTE SOMOS.

Não é uma tarefa fácil, mas sim bastante complexa. Em compensação, pode ser muito gratificante. É preciso estar disposto, porque como já dizia Galileu, “A UM HOMEM NADA SE PODE ENSINAR. TUDO QUE PODEMOS FAZER, É AJUDÁ-LO A ENCONTRAR AS COISAS DENTRO DE SI MESMO.”

Nossa vida é um grande caminho, onde encontramos lindas pradarias e também tortuosos obstáculos. Estes, vamos vencendo um a um, cada um tem o seu tempo, mas saímos fortalecidos de cada experiência e, quando estamos conscientes, nossa alma cresce e se expande pela vida afora.

Quando passamos pela vida sem consciência, ficamos à mercê do acaso. E o que é pior, recriando, e novamente recriando, as mesmas experiências numa total ignorância da lei de CAUSA E EFEITO, ou a mesma lei no mundo da física, PARA CADA AÇÃO EXISTE UMA REAÇÃO. Dessa forma, a nossa vida se assemelha a uma porção de folhas soltas, que não fazem sentido entre si.

Já quando trilhamos o caminho de autoconhecimento, de uma forma sólida e confiável, começamos a reconhecer um fio condutor que permeia toda nossa existência. Ele liga todas as nossas experiências num grande aprendizado, único, para cada alma. Nossa tarefa durante a vida é a de tecer nossa própria tapeçaria. Não existe julgamento quanto a este tempo de aprendizado, cada alma tem o seu tempo e o seu ritmo.

Aqui no blog apresento um caminho simples e confiável que eu própria trilhei – e continuo trilhando, porque o legal desta jornada é que não existe tédio, estamos sempre no começo. Um atributo indispensável para esta caminhada é a curiosidade e a humildade de querer seguir em frente e ver o que vem depois da próxima curva.

Se este caminho faz sentido para você, aproveite e se surpreenda com seus progressos. E com os proveitosos encontros de muitos companheiros de jornada.